sábado, 24 de dezembro de 2011

Natal 2011

O fim do ano chegou muito rapidamente, posso dizer que por bons motivos. Afinal quando temos muita coisa boa para saborear o tempo passa num fechar de olhos. Tal como para outras pessoas, o Natal é uma época de eleição, de gosto, de família, de partilha e muito gosto pela quadra festiva.
Acho que a comida acaba por ser uma bela desculpa para criar mais gosto por esta altura. Uma ajuda para juntar a família em volta a um gosto comum.
Bem, acho que a fome que estou a sentir me está a orientar muito para a vertente gastronómica, afinal estamos aqui já em contagem decrescente para ter o bacalhau no prato.
Independentemente de tudo isto, do que o natal representa para cada pessoa, só posso desejar boas festas, com a família e daqueles que são importantes. Tudo com paz e tudo de bom!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

+ 1000km de bicla

Metro a metro fui pedalando, de casa para o trabalho e vice-versa. Esta agradável rotina tem sido uma realidade desde Junho, sendo que distraído como sou, passei os 1000km num instante. Desta feita já vou nos 1020km. Agora até tenho de pensar em fazer uma "revisão" ao bólide, para garantir que tudo está bem.
Posso dizer que o que mais gozo me dá é passar pelos automobilistas parados enquanto eu lentamente pedalo para casa. Além do mais tenho de reconhecer que tem sido também uma bela ajuda a poupar dinheiro, o qual pode ser direcionado para outras actividades gostosas!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Reverter Alzheimer?

Tenho a dizer que fico muito agradado com as inovações que vou vendo diariamente. Desta feita foi algo que só podia dizer que já deveria estar por cá. Trataram de colocar o Alzheimer em marcha atrás. Bem, ainda não se pode dizer que é uma cura, e mais ainda que esteja implementada amplamente. Mas acho que é algo fantástico ver que podemos ter "amanhã" curas para doenças que hoje só causam dramas....
Esperança gente!

E leiam mais aqui!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Sungazing - 10 seg

Iniciei o projecto Sun Gazing. Hoje foram 10seg, amanhã serão 20seg. Vou ver o que este projecto trará, sendo que conto dar novidades com alguma frequência.
Para os curiosos, leiam aqui e depois pesquisem mais...

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Sungazing - olhar o Sol

De entre muita informação que me vai chegando, artígos, notícias e afins, acabei por ler um artigo interessante. Com alguns benefícios apregoados por várias fontes que fui lendo surge uma prática. Olhar para o Sol, no entanto com uma particularidade. Olhar só ao nascer ou ao pôr do sol, para não apanhar nada de radiação UV.
Do que tenho lido há uma ajuda no que toca a melhorias ..... bem, podia falar muito, mas sugiro uma pesquisa por sun gazing pelo amigo Google.
Mas a ideia é ir olhando 10 seg, no dia seguinte 20seg e por aí a fora, até aos 45min. À medida que o tempo for passando devem começar a sentir os benefícios, quanto a isso, tenho de ver o que se passará, mas quanto a isso, só o tempo dirá.

Links a ver
Sun Healing
Sun Gazing

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

As Bodas de Figaro

Ontem, apesar de um longo dia de trabalho, tive um final de dia bem agradável. Depois de chegado a casa e ter jantado a correr, meti-me no carro e fui a correr para o Conservatório do Porto. O objectivo era ver ópera. Algo inédito para mim mas que posso dizer ter sido uma bela estreia.
As Bodas de Figaro foi a peça apresentada, mais precisamente o I e IV actos. É claro que há sempre uma desvantagem não falar italiano pois dificulta a percepção da história, mas com a explicação prévia do que se iria passar que foi dada já deu para ficar mais esclarecido.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Fados em Celeirós

Mudança de ares é algo que todos nós precisamos. Quebrar a rotina, estar com aqueles que nos são queridos para fazer frente às dificuldades do dia-a-dia.
Foi precisamente com isso em mente que no passado fim-de-semana fomos para Celeirós, e digo nós, o grupo de fados. Não tínhamos actuação, não tínhamos compromissos, apenas vontade de estarmos na companhia uns dos outros, e assim foi.
Partiu-se na quinta, embora eu só me tivesse juntado à festa na sexta, e apesar do frio que as terras transmontanas nos dão nesta altura do ano, havia muito calor humano.
Foi uma altura para conversar, cantar, tocar, comer, rir, e beber. Um fim-de-semana rápido dado o belo ambiente.
Posso dizer que são momentos assim que nos ajudam e são bons para criar belas memórias!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Tunaf em palco

O meu gosto por música já está comigo à muito tempo. Desde a altura em que era um simples ouvinte, até ser um artista (só digo isto porque actuo como tal em espetáculos). E se é muito bom actuar, conhecer salas diferentes e públicos diferentes, é também bom ouvir e alargar horizontes. Ou simplesmente apreciar a música que aqueles que estimamos fazem.
Ontem dei por mim a saborear isso mesmo, a Tunaf a tocar e a encantar. Eu como apreciador do som e da imagem lá estive com os meus ouvidos e a minha máquina fotográfica para registar (rezistar como diria o João na brincadeira) o momento.

domingo, 27 de novembro de 2011

Descanso

Todo o guerreiro merece o seu descanso. Como quem para no oasis para descansar da travessia no deserto. E para isso é necessário ter esse oasis, esse descanso. Por isso mesmo tratei de ter algum descanso com quem achei por bem. Afinal as boas coisas da vida sabem muito melhor se forem partilhadas.
Assim foi, tratei de ir com alguém importante para um retiro, longe de tudo e todos, só para recuperar do tempo agreste que se tem feito sentir.
O resultado? Esse foi excelente, saboroso e importante, para descansar, para recuperar, para construir. Deveras um tipo de descanso a repetir!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Dentes do ciso

De 32, eles representam 4 e há pessoas que já nem os têm, e outras que os têm sem qualquer problema. O problema é que a maioria das pessoas ficam entre estes dois extremos. Ora aparecem alguns dos 4 ou mesmo todos, mas frequentemente há sempre problemas associados.
Desta feita, tive de ir tirar um deles, que estava semi-incluso e criava alguns problemas logísticos. Sim, porque estar sempre a mastigar a própria gengiva não é bem o que vejo como uma boa refeição ou um bom passatempo.
Por isso, e apesar de já deixar passar algum tempo, adiando a situação para avaliar a real necessidade, tratei de ir ao dentista. Cordialmente, ele utilizou um belo alicate e voilá, sangue espichado e menos um dente, sem esquecer uns pontos pelo meio.
Agora já tirei os pontos mas fico a perceber em primeira mão as expressões ligadas "à covinha do dente".

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Encontro DSI 2011

Entre muito trabalho, o tempo para qualquer coisa extra não tem sobrado, mesmo assim, houve nestes dias algo para quebrar a rotina laboral. Como acontece anualmente, tive o encontro da DSI. Que como é comum em grandes organizações, há sempre encontros para fomentar o espírito de equipa e ao mesmo tempo apresentar as grandes metas que o futuro próximo traz.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Os Caminhos do Fado

Foi por Vila Meã, Amarante que fui com o grupo de fados para mais uma actuação. Esta em moldes menos ortodoxos das que têm sido realizadas ultimamente. Esta foi inserida num espectáculo mais amplo, que contou com fado de Coimbra (pelo grupo de fados de engenharia), com fado de Lisboa, e com fado...mais contemporâneo. Esta último por parte do grupo Fado em Sí Bemol. Foi um belo espectáculo e que só pecou por termos de voltar para o Porto.
Mesmo assim é sempre bom cantar, com o grupo, com os amigos...e mais oportunidades surgirão!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Cancro, radioterapia mais eficaz!

Fico fascinado com a tecnologia, os avanços em catadupa, o termos um pc muito mais potente do que o que saiu ontem. No entanto, a nível global, acho que nada melhor do que termos esses avanços não só para ajudar as pessoas a comunicarem melhor ou a fazerem coisas que não faziam, mas para salvar vidas. O artigo que li foi mesmo nesse sentido.
Uma nova máquina de rádio terapia até eficaz em cancro com metástases, ainda para mais, bem mais eficaz, sendo necessários menos tratamentos.
Acho que é um excelente presságio para quem sofre destes males e acima de tudo um belo exemplo que só pode dar mais esperança para o que iremos descobrir amanhã.
Queiram ler mais aqui.


sábado, 29 de outubro de 2011

Serenata de Engenharia 2011

Ontem foi dia de uma serenata muito querida. A serenata da minha engenharia. A faculdade que me formou e na qual tive tantas histórias. Por isso, tenho sido presença constante desde o ano 2000 nestes encontros. Este ano tive um pequeno percalço, devido ao trabalho não pude chegar para o jantar, onde se servem lombo ou salsichas (curiosamente as minhas favoritas). Tive assim de comer a correr e ir para o encontro. Um afinar de guitarras, um porto com os amigos e perante quem estava presente os fados começaram a fazer-se ouvir.
Apesar de não haver amplificação, de não estarmos numa sala de espectáculos e de aparentemente não haver nada, é de facto um dos meus momentos mais saborosos. Por isso estou presente e os partilho, para o ano lá estaremos novamente!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Serenata da Academia 2011/2012

Pois ontem tive mais uma actuação com o grupo de fados, e como tem acontecido anualmente, foi a altura da serenata da Academia. O dia, depois deste longo estio, era de muita chuva. O mau tempo convidava a quase tudo menos o sair de casa. Mas o dia estava marcado e a hora estava a chegar.
No entanto o cenário, que normalmente é em frente à antiga cadeia de relação, devido à chuva, foi mudado para o Palácio de Cristal (vá, pavilhão rosa mota).
Pena o ambiente não ser tão acolhedor como a Cordoaria, mas mesmo assim fizemos a festa e fez-se a serenata.

Para o ano há mais!

Retiros em Portugal

Este fim-de-semana foi altura de ir mais para o centro do país, mais precisamente para Oliveira do Hospital. Afinal é de bom tom utilizar os dois dias de descanso semanal para quebrar a rotina, focarmo-nos no que nos dá prazer, para ganhar energia e voltar para a labuta.
Foi esse mesmo objetivo que me levou a Oliveira do Hospital para com excelente companhia, mudar de ares. Por Oliveira a família da Patrícia mantém a boa disposição e acima de tudo a casa cheia. É bem poder partilhar momentos de família assim. Tenho de reconhecer que ver um casa cheia de família ou amigos é sempre um enorme prazer.
Houve depois ainda oportunidade de comer castanhas e outras iguarias, onde pude também ajudar a fazer uns belos temakis (sushi para os menos entendidos) de salmão com queijo Filadélfia e orégão. Não posso dizer que tenham tido uma recepção muito calorosa (peixe cru nem sempre é bem visto), mas ao menos não sobrou nenhum, e ainda fiz alguns.
Por isso posso dizer que foi um belo fim-de-semana, como tantos outros têm sido!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Buff Cyclone Scratches

Com a rotina diária instalada de pedalar até ao trabalho, e aliado ao facto de o frio começar a apertar, levou-me a arranjar resguardo para a garganta. Já conheço a marca Buff há algum tempo, mas de todos os buffs que tinha não havia nenhum adequado ao tempo frio. Tratei então de realizar uma pesquisa pelas internets e deparei-me com uma versão que tem uma parte com película windstopper. Para quem não conhece corta o vento e é essencial para quem anda por sítios bem frios ou só muito ventosos. Com uma fina película fica-se resguardado contra a mais agreste ventania marítima. Depois de alguma utilização é algo que recomendo vivamente, e se quiserem passar pelo site da Buff encontram outros modelos, cores e feitios.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Fados em Canelas

A acompanhar o início do ano lectivo andamos, o grupo de fados de engenharia, por mais um sítio a partilhar a nossa música. Desta feita tivemos mais uma oportunidade de sair da nossa invicta cidade e fomos para fora, mas não muito.
Fomos à próxima Canelas para ajudar a mais uma serenata. Saímos do Porto e depois de umas voltas lá chegamos ao destino, mas primeiro era só o destino de jantar. Sendo que para celebrar mais um belo convívio entre fadistas, optamos por comer um belo sushi! Estreia para uns e gosto para outros, lá nos empanturramos de comida japonesa, aproveitando o buffet de preço fixo. É claro que nem só de pão (ou arroz) vive o homem e era altura de ir cantar.
Desta vez fomos mesmo dar uma grande, grande volta até chegarmos ao local. Encontramo-nos com os nossos cicerones e depois de afinadas as guitarras os sons fluiram.
O meu único pesar foi mesmo ser uma quinta-feira, por isso, depois de cantarmos, tivemos um curto e saudável convívio (com matrecos e tudo!). Afinal o sono é algo muito importante pois sem ele...não há quem aguente a labuta!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Photoshop....CS6?


A tecnologia é uma coisa que me anima muito. Todos os dias esta evolui e vemos coisas novas. Deparei-me com uma nova funcionalidade que o Photoshop trará. Sabem aquelas imagems que ficam tremidas? É uma chatice quando vamos ao PC e deparamo-nos com algo que não ficou bem como queríamos. Pois na nova versão do Photoshop, o CS6, é possível já termos esta nova funcionalidade. Se gostarem destas coisas, dêem uma olhadela.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O Porto de cima

Não podemos passar a vida se todos os dias forem iguais, sem cor, sem novidade. Mesmo assim, nem sempre é fácil criar essa cor, mas noutras alturas o importante é querer. Porque afinal o que se diz é que querer é poder.
Como tal, este fim-de-semana tratei de fazer algo bem diferente, um passeio de helicópetro pela cidade do Porto. Foi logo ali, junto ao museu do carro eléctrico, pela Alfândega do Porto, entramos no veículo e lá fomos pelos ares. Os pontos que se viram não são nada estranhos para um portuense. Como a ponte de arrábida, a torre dos clérigos, o estádio do dragão, a câmara municipal e tantos outros. Claro que o passeio foi um repente, 15 minutos para ver tudo isto, mas foi um repente muito bem passado!

domingo, 16 de outubro de 2011

XXV FITU

Este fim-de-semana decorreu o FITU, sendo que desta feita, ao contrário do que aconteceu no passado, a magia não está em eu subir para o palco do coliseu mas por ter uma pessoa muito especial a ir actuar. Desta vez fiz de reporter fotográfico e durante duas noites (sim porque o FITU é durante 2 dias), pude ficar deleitado.
É claro que a festa foi boa não só por isso, mas também pela companhia de outras pessoas importantes, como é a malta do meu grupo de fados. Foram umas noites agradáveis, com musica, conversa e belo convívio.
Isso e, agora que me lembro, de uma senhora num dos bares do coliseu que estava tão animada por estar lá a trabalhar que a sua expressão facial de contentamento só estava à altura de uma cadáver com 5 meses.
É claro que para além da TUNAF tive também o gosto de ver a TEUP que este ano também me surpreendeu pela positiva. Com umas nuances que sei que são díficeis de conseguir e que estiveram bem presentes.
Além disso desta vez, e depois de tantas vezes no coliseu, fui parar aos camarotes. Nunca tinha estado num desta sala mas posso dizer que também são bem acolhedores!

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Feira de noivos atrás dos montes


Tal como aconteceu ano passado, fui a Vila Real para fotografar uma feira de noivos. O principal motivo é a Docinho ter uma banca e como ouvi dizer que têm belas iguarias, lá fui eu.
É claro que face a isso aproveitei o facto para relaxar e passar uns dias em família.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Fados em terras mouríscas


Entre muitas ocupações, principalmente profissionais, sobra algum tempo para lazer. Com isso em mente anuí ao convite da faculdade de medicina de Lisboa para irmos ajudar à festa. Mais precisamente a participarmos na serenata que pela primeira vez
A pequena alteração face ao normal é que não fiz a viagem com o grupo. O trabalho já me tinha levado a Lisboa, como tal, foi no final do dia, juntar-me às pessoas para um jantar e um belo convívio. Lá, para além dos anfitriões, juntámo-nos com o outro grupo que abrilhantou a festa, da secção de fados de Coimbra.
O tempo, como de costume passou a correr e lá chegou a altura das cantorias. Apesar de ter a garganta a meio gás, posso dizer que fiquei contente com a nossa prestação e a seguir o objectivo era aproveitar a noite lisboeta, mas posso dizer que as nossas expectativas saíram goradas. A primeira festa onde fomos a cerveja acabou mal chegamos lá (será que isto acontecia no Porto?). Depois tentamos procurar alternativas mas estava tudo fechado.
Bem, acabamos por ir para Belém para a nossa Hostel e ao menos foi havendo galhofa entre os convivas.
O dia seguinte deu ainda para um belo almoço, pastéis de Belém e alguns passeios pela capital. Nomeadamente ver parte da parada do 5 de Outubro.
O dia ainda deu para algumas cantorias, embora estivessemos cansados e face aos 300km lá fomos para casa, embora tenhamos chegado mais tarde do que estavamos à espera.

sábado, 1 de outubro de 2011

Jantares...

E avisinha-se um belo jantar para duas pessoas....


domingo, 25 de setembro de 2011

Casamentos...

Todas as idades têm as suas mudanças, por estes tempos o que se vê são o aprimorar de compromissos. Sendo que foi mesmo isso que se viu, desta feita com dois amigos meus, mais precisamente com um belo casório.
O douro como cenário, os convidados, os amigos e a diversão estiveram presentes pelo dia. Sendo que com bela companhia todos os momentos melhoram. Entre várias pessoas tive o prazer de ter o George e a Andri que aproveitaram as lowcost para virem do Chipre.
Tenho mesmo de agendar férias para lá, para o ano pode ser uma bela possibilidade!


E no dia seguinte, entre passeios pelo Porto, vimos na ribeira uma enormidade de noivas a publicitar sabe-se lá o quê :D

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Furo...

Depois de migrar para a bicicleta como o meu meio de transporte para trabalhar posso dizer que estou muito satisfeito. Gosto do acréscimo de exercício e mais ainda de passar pelo traânsito com calma mas no total, mais depressa do que se fosse de carro.
Mas obviamente não há bela sem senão e ontem foi um dia que ao sair de casa me deparei com uma surpresa. Um furo. Ainda tentei encher o pneu mas não era um furo lento.
Solução, tive de ir de carro com a roda à oficina e fui uma manhã que deixei a bicla em casa. Mas agora está tudo normalizado e volto à estrada no meu bólide de duas rodas!

domingo, 18 de setembro de 2011

Retiro na capital

Este fim-de-semana foi deveras gostoso. À primeira vista, falando do destino poderia dizer o contrário, mas desta vez não. De onde falo eu? Lisboa. Normalmente é o trabalho a levar-me lá, normalmente a correr, normalmente com a agenda preenchida. Desta feita a viagem foi diferente. Com mais calma, com tempo e só com vontade de conhecer. A boa companhia garantida torna-se também um importante factor para que aprecie a viagem e assim foi.
Tratei de fazer uma pesquisa pelo google e com ajuda do que já vou conhecendo da cidade, não tardou a definir um plano de ataque.
Os locais de passagem foram muitos desde o Terreiro do Paço, Rossio (com gente a tentar-nos vender marijuana), Rossio, Castelo de S. Jorge, Belém e muitos outros locais. A ajuda foi o bilhete Viva diário que por 4€ nos levou a todo o lado, ora de metro, ora de electrico, ora de autocarro. Um belo investimento.
Quanto a gastronomia o grosso foi mesmo o sushi, o qual encaixava muito bem como um alvo da música "Eu tenho dois amores".


É claro que felizmente o tempo passou a correr (só pelo sentido que foi tempo muito bem passado) e não tardou a rumarmos para norte, sem antes parar em Coimbra para uma sandes de leitão acabada de fazer!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Luanda na casa da música

Em dias de fomentar a cultura, fui para a casa da música muito bem acompanhado para ver Luanda Cozetti, a brasileira que mistura o calor brasileiro com os ritmos de jazz. Tudo num cenário bem agradável. A casa da música a servir de parede e o céu estrelado como tecto.
O espectáculo, tal como os outros que têm sucedido neste formato durante o verão, goza desta visão mais acolhedora, tal como se fosse um grupo de amigos a juntar-se para uma tertúlia e alguma música. É um ambiente que aprecio bastante e a música foi algo que agradou.
Quem quiser saber mais dela pode ver algumas ligações:
Facebook
Wikipedia
Dicionário de MPB


terça-feira, 13 de setembro de 2011

De novo no judo

Pois vejo Agosto a passar a correr e Setembro a chegar. Com ele novamente os treinos começam e é altura de por o físico em ordem. Por isso lá tenho voltado aos treinos de judo e se há uma palavra que resume como de lá tenho saído é: cansado. Para ser mais preciso saio muito cansado.
Os treinos têm sido muito puxados e a preguiça do corpo dá em estar mais que desgastado com a actividade física. Há que recuperar porque isto não tem jeito nenhum!

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

A77 promete ser uma super máquina

Parece que o final de Outubro não chega, mas só pela mudança de material fotográfico. Porque posso dizer que não tenho pressa que essa altura chege, dado tanta coisa saborosa que tenho para fazer antes.
De qualquer modo fiquei ainda mais contente com um comentário que a Sony A65 (modelo abaixo da A77) superou a A900 na qualidade de imagem. Para quem não sabe a A900 é a actual topo de gama da Sony e isso é um bom indício.
Até lá ainda tenho de confirmar preços e disponibilidade do produto, mas tudo a seu tempo.
 
Como dizem no SonyAlpharumors:

There is a new A65 versus A900 image comparison posted by the chinese Pchome wbesite (Click here to read the translation). Article found via RiceHigh. The tester used the Sony 11-18mm f/4.5-5.6 lens on the A65, whilst the ZA24-70/2.8 was used on the A900. So we can failry say the A65 had a slightly disadvantage. As you see the A65 image quality is very good!
The A65 image is on the left, A900 on the right:
See ISO 100 and 200 image comparison: http://img.article.pchome.net/00/53/30/02/iso1.jpg
See ISO 400 and 800 image comparison: http://img.article.pchome.net/00/53/30/02/iso2.jpg
See ISO 1600 and 3200 image comparison: http://img.article.pchome.net/00/53/30/02/iso3jpg.jpg
See ISO 6400 and 12800 image comparison: http://img.article.pchome.net/00/53/30/02/iso4.jpg
Surprising or not? I cannot imagine how well the nex generation of Sony fullframe sensors will perform! The image quality will be stellar. Let’s hope Sony will not let us wait to much for tha A99 :)

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Macedo de Cavaleiros com Fado

Com uma das minhas companhias favoritas, o grupo de fados de engenharia, fui este fim de semana para Trás-os-montes profundo. Bem, na realidade não andamos em buracos nenhuns, fomos simplesmente a Macedo de Cavaleiros, mais precisamente para Castelãos, para partilhar um pouco da nossa música.
Assim, saímos na sexta, um nadinha mais tarde do que o esperado e com a carrinha a rebentar fizemo-nos à estrada.
Felizmente estas viagens nunca são aborrecidas. A companhia boa e a tolice inerente aos convivas faz sempre com que só numa viagem de 2000km é que haja vontade de dormir.

Se sexta só tivemos tempo de jantar abastadamente, já sábado o plano foi diferente. O dia começou com um belo pequeno almoço, com aquele pão transmontano que dá umas excelentes torradas. Tivemos direito ainda a uma pequena caminhada a uma capela que tinhamos por perto e que deu para subir um pequeno monte e, já com fome, preparamo-nos para o almoço. Desta vez tinhamos um belo coelho que saciou os convivas.

Já no final do dia tivemos uma actuação, mais composta do que esperavamos, no salão da junta de freguesia. Uma hora de espectáculo serviu para agradar os presentes e tirar a ferrugem ao grupo que depois de umas férias vai começar a rolar novamente.
Findamos o dia em Grijó (não o do outlet) e nas suas festas com mais um grupo do camião ambulante que têm tudo que é preciso para estas festas populares. Festas que só acabaram mal porque não conseguimos comer um belo cachorro, dado que a pessoa que foi antes de nós comeu o último.
Assim chegou domingo, e depois do pequeno almoço rumamos a Alijó para almoçar, passamos por Vila Real para ir buscar mais comida e rumamos ao Porto. Agora que estou a ver foi mais um fim-de-semana de comida que de música...

sábado, 27 de agosto de 2011

Descansar ao final do dia

E avizinha-se um belo serão....e mais não digo

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Frankie Chavez na Casa da Música

Como já devem ter ouvido, o reclame do azeite oliveira da serra tem uma peculiar música. Tocada em guitarra portuguesa em jeito de blues. O intérprete é Frankie Chavez, um português que baseia-se em blues mas mistura vários sons, tudo num espectáculo "one-man's-band".
Entre inúmeros concertos, passou pela casa da música, e com a companhia certa, lá fui ver o que ele tinha para partilhar connosco.
Saliento também as mantinhas que o BPI estava a distribuir que foram bem prestáveis com a noite que estava mais fresca que o esperado.
No final, com os ouvidos satisfeitos e com a noite que estava com um belo cenário, pelo exterior da Casa da Música, fui para o descanso, que nem só de música vive o homem...

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Passeio por Drave

Com a companhia de gente de bem, mais precisamente a malta do grupo de fados, seguimos para Regoufe, perto de Arouca. Tudo isto com a ideia de caminha até Drave, uma aldeia de xisto que está a ser recuperada pelos afamados escuteiros.
A saída foi algo tardia devido a umas chegadas fora de horas e isso fez com que só pelas 11h começarmos a gastar as solas. Caminhamos com o Sol a aquecer os já quentes corpos de maneira a que o suor era bastante. Mesmo assim tinhamos a promessa de uma aldeia animada e um riacho com pequenas lagoas para combater o calor. Por isso manteve-se o andamento, animando quem precisava, e lá chegamos ao destino.

Por lá chegados a minha ideia era tomar uma banhoca, mas os demais queriam era comer a gostosa paparoca que connonso levamos.
Entre comida, bebida e mergulhos o dia passou a correr e não tardou tivemos de nos por em marcha para regressar aos carros. Chegados de volta a Regoufe ainda queriamos um café para beber algo refrescante mas a longa procura pelo café só nos deu uma porta fechada.
Como tal a solução era óbvia, irmos comer a Arouca, e assim foi. Um belo serão com bela companhia!

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Chuva? Poncho!

A prever o tempo mais chuvoso que o outono e o inverno trará, tratei de começar a procurar solução para não chegar molhado ao meu destino quando andar de bicicleta. Isto porque o impermeável que já testei (um que tinha lá para casa), não teve os melhores resultados, e embora tivesse chegado relativamente seco, não é das melhores soluções.
Como tal, tratei de usar a internet para ver soluções e ver o que poderia ir de encontro à minha necessidade. Acabei por encontrar um poncho pensado para ciclistas, mais comprido à frente do que atrás e com vários pormenores interessnates. Como fivelas para as mãos na parte da frente para o poncho não voar para a cara e provocar um acidente de viação!
O produto é da Agu, mais precisamente o Track Poncho. Não foi caro, é impermeável e assim que chover tendo dar mais novidades!

sábado, 6 de agosto de 2011

Sony A77 - especificações

E já começo a saber ainda mais dados da máquina, para os curiosos aqui ficam as especificações da A77 que vai sair em Outubro!

24.3 MP Exmor HD CMOS sensor
19 points AF sensor with 11 cross sensors
ISO 100-16000, with expandeable ISO 50 option
1920 x 1080 60p/24p AVCHD 2.0
P/A/S/M manual controls while recording video
1200 zone metering
Completely new developed Bionz processor
12 fps
1/8000 shutter speed
TrueBlack 921k 3-way tilt LCD
3 million dot OLED viewfinder
Smart teleconverter function with 1.4x and 2.0x option
Built-in flash
Built-in GPS
Battery life with over over 500 shots
Magnesium alloy body
Dust and Moisture proof
Multi Frame NR
SD card (no CF!)

ps - foto obtida aqui

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Mastigar, mastigar, mastigar

Ao que parece, se mastigarmos muito à refeição acabamos por ser mais elegantes, tudo porque consumimos menos alimentos. Quem chegou a esta conclusão foram americanos que publicaram o estudo no American Journal of Clinical Nutrition.
Por isso a ideia é passar das 15 mastigadelas para cerca de 40 antes de engolir. Além disso, e da minha experiência é uma boa sugestão para tornar a digestão mais fácil e não sentir qualque rmal-estar, dado termos alimentos mais pequenos e logo mais fáceis de digerir no estômago.

Podem ler a notícia no Público ou se quiserem mais detalhe passem no American Journal of Clinical Nutrition.

Imagem obtida aqui.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

A77 chega em Outubro

A espera tem sido longa e ainda não acabou. Quero substituir a minha Sony Alpha 330 mas é só em Outubro que chega ao mercado a máquina que tenho estado a namorar, a Sony Alpha 77 (também conhecida por A77).
Esta vai substituir a já descontinuada A700 e será o topo da Sony de máquina com sensor APS-C. Máquinas da Sony em formato Full Frame só em inícios de 2012, mas essas também serão demais. Pelo menos para o que quero fazer.
Quanto à A77 o anúncio oficial será no final de Agosto, sendo que já sei algumas coisas interessantes:
19 pontos de focagem
12 fps
ecrã flexivel em 3 eixos
ISO de 50 a 16000
Corpo de magnésio
velocidade máxima de 1/8000
24,3 Mpix
LCD no topo da máquina
à prova de pó e humidade

Sony Alpha 77 + 16-50mm f/2.8 SSM = 1800€
Sony Alpha 77 só corpo = 1050€

Agora é esperar um pouco mais e em Outubro vou ajudar a economia a mexer-se.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Kiva - micro-crédito para quem precisa

Penso que já muita gente ouviu falar de micro-crédito. Pessoas com pequenos projectos que pedem crédito para abrir pequenos negócios, expandir o que têm e tendencialmente algo com valores muito baixos.
Ora se em muitos casos parece que não se sabe de onde vem o dinheiro, apareceu um site que me recomendaram que tira o nevoeiro de todo este ambiente.
O site Kiva, permite ajudar pessoas que precisam por todo o mundo, sendo que a ajuda parte de nós. Podemos ajudar com uma pequena quantia alguém que seleccionamos. O resultado é termos pessoas com a qualidade de vida melhorada e no final do empréstimo termos novamente o dinheiro disponível para ajudar outra pessoa.
É algo que recomendo verem, afinal meia dúzia de euros podem fazer uma enorme diferença para alguém no outro lado do mundo...

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Casa da Musica - Maria Rita

Este inicio de semana,logo a par de uma chegada de férias, deu para ouvir música brasileira, mais precisamente Maria Rita.
Não posso dizer que conhecesse muito do trabalho dela, mas deixou-me agradado todo este concerto, simples e sem grandes cenografias. Foi um concerto um bocado mais longo do que estava à espera, mas não foi demorado de todo. Foram 2 belas horas muito bem acompanhadas.
A única coisa que posso apontar é que a malta do som não estava a atinar muito bem com o jogo entre o piano e o contrabaixo. Fora isso 5 estrelas!

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Passatempo fotográfico "A Nossa EDP"

Durante a minha semana de férias saiu um resultado de um concurso de fotografia a que concorri aqui na EDP e vejam lá...ganhei!
O prémio é um singelo Ipod Nano (modelo da 4ª geração), o qual terá um fim ainda indeterminado. De qualquer modo é sempre bom ter o nosso trabalho fotográfico apreciado. A foto que ganhou é esta aqui ao lado...

11 de julho de 2011 - 16:30:43
Vencedores do passatempo "A Nossa EDP"
Imagens, ação, som e movimento. Uma imagem pode, de facto, valer mil palavras e mil ideias… Foi o que ficou provado neste desafio lançado aos colaboradores do Grupo!
Conheça os vencedores!
Categoria foto:1º lugar: António Lisboa
...

Os prémios, na categoria de foto, são, para o 1º, o 2º e o 3º lugares, um IPod, uma máquina fotográfica e um trolley de viagem, respectivamente. O prémio para o vencedor na categoria vídeo é um Ipod.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Cabo Verde - memória

E algo que há-de ficar como música destas férias é Morna de Tito Paris, quanto mais não seja porque a ouvimos dezenas de vezes, dado que era a música no canal do hotel, onde eram indicadas actividades e não só.
Além disso o calor das notas é mesmo o que houve...

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Cabo Verde 10

Hoje é o dia da partida, no entanto com o vôo só pelas 00:35, ainda dá para aproveitar bem o dia que temos pela frente, com praia, piscina, bebidas e comida. Não saímos do complexo porque afinal não havia nada mais saboroso que ficar por cá.
Deixamos o nosso apartamento (porque afinal é mais um apartamento que um quarto) e só quando o dia acabou é que vimos um pôr-do-sol quente e colorido, algo que as nuvens ainda não tinham permitido ver.
Jantamos e seguimos para o aeroporto, aqui tenho de salientar uns miúdos a jogar à bola e vir um polícia dizer-lhes como deveriam jogar (ao invés do que se veria na Europa, onde a bola seria confiscada). Outro pormenor é um tapete na zona de screening o qual faz lembrar o hall de entrada de uma acolhedora casa.
Mas tudo passa e agora com a pressa de ir para o avião e dormir, vou ver se levo bem guardadas as memórias que Cabo Verde me deu.
Até à próxima!

domingo, 17 de julho de 2011

Cabo Verde 9

Um sábado que chegou, poderia ser como tantos outros mas não o é, ainda para mais esta bela semana está a terminar o que pode-se dizer que é uma pena. Assim resta manter a mesma linha destes últimos dias, saborear o calor, o pouco sol que vai surgindo e a bela companhia. Só posso dizer que é uma fatalidade, o tempo passar a correr quando estamos a apreciar o que fazemos.

sábado, 16 de julho de 2011

Cabo Verde 8

Só há uma maneira de ver uma semana a passar tão depressa assim, a resposta é estar a apreciar muito este tempo, este sol, esta praia e esta companhia. Mudar de paradigma e esquecer o mundo que em Portugal ficou, pelo menos o trabalho, chatices e tudo mais. Na verdade tivemos uma semana de céu enublado, mas não foi isso que fez o calor não estar cá e não foi por isso que não se aprecia todo este mundo.
Vamos ver o que se almoça e não sei ainda o que comer, só fico feliz por comer peixe em quantidades industriais, acho que estão a ser as férias em que mais peixe comi. É que é mesmo bom e tenro, uma verdadeira maravilha!
É que para além do gosto de cá está, há uma preguiça implícita que é responsável por fazer tudo com muita calma.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Cabo Verde 7

Não podíamos passar as férias inteiras sem actividade. Afinal de contas duas pessoas activas precisam disso mesmo, actividade. Assim o dia de hoje foi para ir para o mar a umas centenas de metros da costa para fazer snorkling. Fomos ao centro de mergulho, que é gerido por uns italianos, e escolhido o equipamento partimos para o local das vistas. Por lá, junto a um depósito afundado, muitos peixes vageavam, grandes, mas na sua maioria pequenos. Saltou-me à vista dois, um bem azul e outro laranja. O azul para quem viu o "À procura de Nemo" é a Dori.
A dificuldade foi mesmo a corrente, muito forte, que constantemente empurrava para bem longe. Tive de dar muito à perna, mas mais do que eu a Patrícia que já estava derreada de tanto esforço. Mas depois de muito pedalar o capitão do barco teve pena de nós e lá se chegou a nós para irmos para o porto novamente.
O resultado, peixes vistos, muito cansaço e um joelho a doer. Afinal o esforço foi bem superior ao esperado e há juntas que não apreciaram de todo o que o mar obrigou a fazer.
Com isso só deu vontade de dormir muito para repor algumas energias, mas estes dias equatoriais não ajudam a isso, amanhecer logo pelas 6 da manhã e anoitecer às 19 põe o corpo a acordar bem mais cedo do que queria.