sábado, 29 de outubro de 2011

Serenata de Engenharia 2011

Ontem foi dia de uma serenata muito querida. A serenata da minha engenharia. A faculdade que me formou e na qual tive tantas histórias. Por isso, tenho sido presença constante desde o ano 2000 nestes encontros. Este ano tive um pequeno percalço, devido ao trabalho não pude chegar para o jantar, onde se servem lombo ou salsichas (curiosamente as minhas favoritas). Tive assim de comer a correr e ir para o encontro. Um afinar de guitarras, um porto com os amigos e perante quem estava presente os fados começaram a fazer-se ouvir.
Apesar de não haver amplificação, de não estarmos numa sala de espectáculos e de aparentemente não haver nada, é de facto um dos meus momentos mais saborosos. Por isso estou presente e os partilho, para o ano lá estaremos novamente!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Serenata da Academia 2011/2012

Pois ontem tive mais uma actuação com o grupo de fados, e como tem acontecido anualmente, foi a altura da serenata da Academia. O dia, depois deste longo estio, era de muita chuva. O mau tempo convidava a quase tudo menos o sair de casa. Mas o dia estava marcado e a hora estava a chegar.
No entanto o cenário, que normalmente é em frente à antiga cadeia de relação, devido à chuva, foi mudado para o Palácio de Cristal (vá, pavilhão rosa mota).
Pena o ambiente não ser tão acolhedor como a Cordoaria, mas mesmo assim fizemos a festa e fez-se a serenata.

Para o ano há mais!

Retiros em Portugal

Este fim-de-semana foi altura de ir mais para o centro do país, mais precisamente para Oliveira do Hospital. Afinal é de bom tom utilizar os dois dias de descanso semanal para quebrar a rotina, focarmo-nos no que nos dá prazer, para ganhar energia e voltar para a labuta.
Foi esse mesmo objetivo que me levou a Oliveira do Hospital para com excelente companhia, mudar de ares. Por Oliveira a família da Patrícia mantém a boa disposição e acima de tudo a casa cheia. É bem poder partilhar momentos de família assim. Tenho de reconhecer que ver um casa cheia de família ou amigos é sempre um enorme prazer.
Houve depois ainda oportunidade de comer castanhas e outras iguarias, onde pude também ajudar a fazer uns belos temakis (sushi para os menos entendidos) de salmão com queijo Filadélfia e orégão. Não posso dizer que tenham tido uma recepção muito calorosa (peixe cru nem sempre é bem visto), mas ao menos não sobrou nenhum, e ainda fiz alguns.
Por isso posso dizer que foi um belo fim-de-semana, como tantos outros têm sido!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Buff Cyclone Scratches

Com a rotina diária instalada de pedalar até ao trabalho, e aliado ao facto de o frio começar a apertar, levou-me a arranjar resguardo para a garganta. Já conheço a marca Buff há algum tempo, mas de todos os buffs que tinha não havia nenhum adequado ao tempo frio. Tratei então de realizar uma pesquisa pelas internets e deparei-me com uma versão que tem uma parte com película windstopper. Para quem não conhece corta o vento e é essencial para quem anda por sítios bem frios ou só muito ventosos. Com uma fina película fica-se resguardado contra a mais agreste ventania marítima. Depois de alguma utilização é algo que recomendo vivamente, e se quiserem passar pelo site da Buff encontram outros modelos, cores e feitios.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Fados em Canelas

A acompanhar o início do ano lectivo andamos, o grupo de fados de engenharia, por mais um sítio a partilhar a nossa música. Desta feita tivemos mais uma oportunidade de sair da nossa invicta cidade e fomos para fora, mas não muito.
Fomos à próxima Canelas para ajudar a mais uma serenata. Saímos do Porto e depois de umas voltas lá chegamos ao destino, mas primeiro era só o destino de jantar. Sendo que para celebrar mais um belo convívio entre fadistas, optamos por comer um belo sushi! Estreia para uns e gosto para outros, lá nos empanturramos de comida japonesa, aproveitando o buffet de preço fixo. É claro que nem só de pão (ou arroz) vive o homem e era altura de ir cantar.
Desta vez fomos mesmo dar uma grande, grande volta até chegarmos ao local. Encontramo-nos com os nossos cicerones e depois de afinadas as guitarras os sons fluiram.
O meu único pesar foi mesmo ser uma quinta-feira, por isso, depois de cantarmos, tivemos um curto e saudável convívio (com matrecos e tudo!). Afinal o sono é algo muito importante pois sem ele...não há quem aguente a labuta!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Photoshop....CS6?


A tecnologia é uma coisa que me anima muito. Todos os dias esta evolui e vemos coisas novas. Deparei-me com uma nova funcionalidade que o Photoshop trará. Sabem aquelas imagems que ficam tremidas? É uma chatice quando vamos ao PC e deparamo-nos com algo que não ficou bem como queríamos. Pois na nova versão do Photoshop, o CS6, é possível já termos esta nova funcionalidade. Se gostarem destas coisas, dêem uma olhadela.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O Porto de cima

Não podemos passar a vida se todos os dias forem iguais, sem cor, sem novidade. Mesmo assim, nem sempre é fácil criar essa cor, mas noutras alturas o importante é querer. Porque afinal o que se diz é que querer é poder.
Como tal, este fim-de-semana tratei de fazer algo bem diferente, um passeio de helicópetro pela cidade do Porto. Foi logo ali, junto ao museu do carro eléctrico, pela Alfândega do Porto, entramos no veículo e lá fomos pelos ares. Os pontos que se viram não são nada estranhos para um portuense. Como a ponte de arrábida, a torre dos clérigos, o estádio do dragão, a câmara municipal e tantos outros. Claro que o passeio foi um repente, 15 minutos para ver tudo isto, mas foi um repente muito bem passado!

domingo, 16 de outubro de 2011

XXV FITU

Este fim-de-semana decorreu o FITU, sendo que desta feita, ao contrário do que aconteceu no passado, a magia não está em eu subir para o palco do coliseu mas por ter uma pessoa muito especial a ir actuar. Desta vez fiz de reporter fotográfico e durante duas noites (sim porque o FITU é durante 2 dias), pude ficar deleitado.
É claro que a festa foi boa não só por isso, mas também pela companhia de outras pessoas importantes, como é a malta do meu grupo de fados. Foram umas noites agradáveis, com musica, conversa e belo convívio.
Isso e, agora que me lembro, de uma senhora num dos bares do coliseu que estava tão animada por estar lá a trabalhar que a sua expressão facial de contentamento só estava à altura de uma cadáver com 5 meses.
É claro que para além da TUNAF tive também o gosto de ver a TEUP que este ano também me surpreendeu pela positiva. Com umas nuances que sei que são díficeis de conseguir e que estiveram bem presentes.
Além disso desta vez, e depois de tantas vezes no coliseu, fui parar aos camarotes. Nunca tinha estado num desta sala mas posso dizer que também são bem acolhedores!

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Feira de noivos atrás dos montes


Tal como aconteceu ano passado, fui a Vila Real para fotografar uma feira de noivos. O principal motivo é a Docinho ter uma banca e como ouvi dizer que têm belas iguarias, lá fui eu.
É claro que face a isso aproveitei o facto para relaxar e passar uns dias em família.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Fados em terras mouríscas


Entre muitas ocupações, principalmente profissionais, sobra algum tempo para lazer. Com isso em mente anuí ao convite da faculdade de medicina de Lisboa para irmos ajudar à festa. Mais precisamente a participarmos na serenata que pela primeira vez
A pequena alteração face ao normal é que não fiz a viagem com o grupo. O trabalho já me tinha levado a Lisboa, como tal, foi no final do dia, juntar-me às pessoas para um jantar e um belo convívio. Lá, para além dos anfitriões, juntámo-nos com o outro grupo que abrilhantou a festa, da secção de fados de Coimbra.
O tempo, como de costume passou a correr e lá chegou a altura das cantorias. Apesar de ter a garganta a meio gás, posso dizer que fiquei contente com a nossa prestação e a seguir o objectivo era aproveitar a noite lisboeta, mas posso dizer que as nossas expectativas saíram goradas. A primeira festa onde fomos a cerveja acabou mal chegamos lá (será que isto acontecia no Porto?). Depois tentamos procurar alternativas mas estava tudo fechado.
Bem, acabamos por ir para Belém para a nossa Hostel e ao menos foi havendo galhofa entre os convivas.
O dia seguinte deu ainda para um belo almoço, pastéis de Belém e alguns passeios pela capital. Nomeadamente ver parte da parada do 5 de Outubro.
O dia ainda deu para algumas cantorias, embora estivessemos cansados e face aos 300km lá fomos para casa, embora tenhamos chegado mais tarde do que estavamos à espera.

sábado, 1 de outubro de 2011

Jantares...

E avisinha-se um belo jantar para duas pessoas....