terça-feira, 28 de setembro de 2004

Estava aqui...

E prossegem as buscas da maquina mustek que foi vista pela ultima vez no passado dia 23 de Setembro. Se vir esta máquina por favor entre em contacto com a polícia judiciária ou com os alunos de erasmus à qual esta pertence. Para mais informação sobre a máquina pode clicar aqui.

domingo, 26 de setembro de 2004

É a bida..

Bem posso dizer que já estamos a andar no ritmo cá na Dinamarca. Já sabemos onde ir, já sabemos como ir. Já sabemos o que comprar e onde comprar. Temos ficado ambientados e agora já temos também o ritmo dinamarquês (não é que queiramos...). À semana trabalha-se...ok também à festas mas são as caseiras, e ao fim de semana é só borga. Ontem lá me tive de deitar às 6:30 porque ir para a cama cedo não ficava nada bem :P
Entretanto também temos profs. castiços. Por exemplo, o prof. de ERP, apesar de falar um inglês horrível disse-nos que costumava ir a Aahrus (uma cidade de gente :)) e que se quisessemos nos levava para irmos para a borga :) Isto sim é que é bida!
Mas vou ver se faço algo que a hora vai longa e a inactividade também!

segunda-feira, 20 de setembro de 2004

Yanat

Bem, depois de passarem algum tempo na Dinamarca vão-se aperceber que por aqui há uns fonemas que são frequentemente utilizados.
A que mais nos incomoda é mesmo a Yanat, que para os desententidos significa: "you are not allowed to". Parece que eles aqui são um bocado obececados pelas regras. Tipo é meia noite e dois e só podemos vender até à meia noite, portanto não há mais cerveja. Bem se alguém vier cá passar uns dias não deve reparar mas depois de 1 mês isto já cansa. Enfim falta a capacidade latina de dobrar as regras :)

sábado, 18 de setembro de 2004

Pasmaceira

Bem acho que pouco a pouco nos estamos a adaptar ao ritmo dinamarques...quer dizer,só um bocado. Trabalho à semana, borga ao fim de semana. Bem até não seria muito mau se sempre que precisamos de tratar de algo e já passar da hora de almoço provavelmente só no dia seguinte é que se pode fazer algo.
Não obstante e como bons portugueses que somos procuramos fazer as nossas jantaradas e conviver o mais possível. Acho que até agora as nossas preferências vão mais para a malta de leste, os gregos e outras pessoas igualmente simpáticas.

Lá para Portugal ouço dizer que as saudades são muitas, mas quanto a isso pouco posso fazer, vamos ver se o tempo passa mais depressa para quem se queixa. :)
Bem, mas como é fim de semana há muito para fazer, coisas muito importantes...como...almoçar, estou cheio de fome :)

quarta-feira, 15 de setembro de 2004

Depois da tempestade vêm o espelho

Bem depois de me queixar convenientemente às autoridades competentes o meu quarto de banho ganhou um novo espelho e um lavatório. O que até acabou por ser bom, já que os seus predecessores estavam um bocado...sujos. Só coisas boas :)

Agora para celebrar restanos fazer mais uma mega jantarada com gente de muito lado :)

sábado, 11 de setembro de 2004

Tragédia!

Ontem depois de uma noite activa chegamos a casa pelas 3 da manhã. Como o suor era muito lá fomo tomar o nosso banho. E enquanto eu relaxava com o calor da água ouço qualquer coisa. Olho para o lado e o que é que vejo? O meu espelho a cair! Ah porra! Meio segundo depois tinha o chão do quarto de banho cheio de vidros e porcelanas (já referi que o espelho ao cair partiu o lavatório?... E ainda bem que nesta altura estava eu descalço a tomar banho...
Mas nenhum vidro ficou preso à minha carne por isso esta-se bem. O grande problema é que como este país trabalha muito agora só na segunda é que se arranja algo. Que porra.
Enfim com os amigos chega-se lá :P

quinta-feira, 9 de setembro de 2004

Mobília

Para um português ter um quarto só com um armário, uma cama e uma secretária não dá... Por isso e como qualquer bom português fomos ver o que se arranjava. Ora não foi nem de propósito que descobrimos que nas caves das resdênciais há mobília antiga :)
Conclusão, depois de uma tarde à procura já temos umas mesinhas de cabeceira, umas poltronas, uma mesa para comermos (da maneira que não precisamos de comer no parapeito.
Assim já temos um quarto mais arranjado. Além disso já nos desenrrascamos no que toca à luz. Tirando o Ché, eu e o Tiago apenas temos uns estores, que quase que tapam luz. Ora como devem imaginar isso de manha é um bocado incomudativo. E como bons engenheiros que somos fomos comprar sacos plásticos pretos e resolvemos a questão. Ai...viva a escuridão :)

Mosquitada

Estou a ver que apesar de ser muito agradável os dias de verão que vivemos aqui em Horsens. Sim porque andamos sempre de T-shirt! Esta terra tem um grave problema: os mosquitos e afins.
Quando fomos jogar futebol - mosquitos, quando fomos andar de bicla - mosquitos, estamos a comer - vespas. Não se pode andar sossegado. Ainda bem que o Luís tem fenistil, se não estavamos todos mortos. Agora temos é que arranjar repelentes a ver se não somos tão afectados por esta vertente dinamarquesa...

quarta-feira, 8 de setembro de 2004

A piscina!

O dia na terça foi dia de piscina. Lá fomos às nossas aulinhas e depois fomos estrear a novíssima piscina aqui em Horsens. Instalações muito castiças, RFID's ao barulho, tudo muito pipi. É claro que fomos porque era de graça, e como pelos vistos não são só os portugueses que gostam de aproveitar estava lá muita gente. Mas foi muito bom. Só saímos de lá às 20:30. Um bom dia.
E como se não fosse suficiente de noite ainda vimos o Pulp Fiction em casa do George (o cipriota).

Ai! Isto é que é vida.

domingo, 5 de setembro de 2004

Muita actividade!

Ontem houve a festa de anos do Mário, um erasmus espanhol cuja voz e a altura não passam despercebidas. Muita gente, muita cerveja e como não podia deixar de ser os portugueses a marcar presença. O Ché lá ficou em casa já que a garganta doía e o mal era o descanço. Não obstante eu e o Tiago fizemos a festa, pelo menos até nos virmos embora, já que ele ainda queria falar com a Cristina (tanta gente que por aqui aparece :) ).
Hoje, e como de costume acordamos com a luz, já que os estores que temos são só mesmo para figir que tapam alguma coisa. E a pensar nisso a minha capa já está pedurada a ver se não passa tanta luz.
Depois de um almoço fomos ao hiper arranjar umas biclas. E já as temos, estamos muito contentes com a nossa nova mobilidade e para celebrar até fomos ao McDonalds. O problema é que é só ao dobro do preço de Portugal, mas também dá para encher quantas vezes quisermos os copos :P
Agora o Tiago e o Ché partiram para o centro nas biclas enquanto eu vou ver se descanço :)

quinta-feira, 2 de setembro de 2004

E o jantar pah?

Ai que ontem foi uma monumental jantarada. Como não temos aulas às quartas podemos-nos dar ao luxo de dormir até tarde. O que aconteceu :P Depois de tarde fomos às compras para uma grande jantarada. A tarde foi passada na sala comum a fazer almondegas e puré, isto enquanto outra malta ia ao hipermercado comprar vinho grego. Quando a comida já ia adiantada aparece um....panilas de um dinamarques a dizer que a cozinha da sala comum pode ser usada para aquecer comida mas não para cozinhar. Mas isso cabe na cabeça de alguém?? Então para que tem discos e frigorífico e afins. Bem ninguém disse que os dinamarqueses eram todos inteligentes.
Nesta altura surgiu um grande berbicacho (para mais duvidas perguntem o que isso é :P) a festa era para ser lá e para além de não podermos lá cozinhar ia haver uma festa lá. Bem tivemos de mudar as trouxas. E qual o sítio mais perto? Bem, fomos para o bunker. O apartamento onde estão os espanhois mesmo ao lado da faculdade. Bem lá fizemos imenso puré e todas as indumentárias necessárias para um grande jantar.
Muito vinho, comida e 22 pessoas depois estavamos todos satisfeitos. Ficamos a falar até tarde. Gostei muito e estar com portugueses, espanhois, franceses, gregos, cipriotas e checos.
Em suma venham para erasmus que muito se aprende e é uma exelente experiência.