quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Dias no Minho

Aproveitando uma semana de férias decidida à ultima da hora, tirei uns dias com a família e viemos fazer um circuíto pelo minho. Devo logo salientar que o tempo tem estado bastante bom o que é uma grande vantagem, dado que por esta altura já estava a ver as praias de Moledo com arrebatadoras nortadas. De qualquer modo a única limitação é mesmo o pé que limita as distâncias percorridas.
O sítio onde ficamos, a casa da Anta, é um turismo de habitação, mas como a maioria destes, tem o problema do costume, há um desleixo que faz com que locais muito interessantes fiquem muito áquem das espectativas.
De qualquer modo estes três curtos dias foram dedicados ao relax, boa comida e bebida e inspirar todo este ar nortenho que tão bem faz. Devo salientar que isto de ter uma SLR tem-me deixado a tirar fotografias ferneticamente, algo que planeio fazer ainda mais durante o curso que se avizinha.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Dias que vão passando

Estes dias, tenho procurado ocupar-me para encher a minha agenda. Com mais tempo livre do que o que estava acostumado. É estranho deparar-me com as situações que tenho de lidar sozinho. Mesmo assim estou a lembrar-me daqueles que nos apoiam, a família, os amigos, o trabalho (que agora já está a aparecer) e os passatempos.
Tenho então o meu curso de fotografia que vai começar no dia 4 (é de esperar que a ressaca do casamento do Tux não seja grande) e também em Outubro já tenho muitas serenatas para ocupar a minha cabeça.
Para a semana vou estar de férias e com a companhia do meu irmão vamos focarmo-nos na distracção e outras coisas que apareçam. As férias, mudei-as de Outubro para esta semana por em Outubro não já não tinha nada a esperar por mim.
Estou agora a pensar num grande projecto para o princípio de 2010, uma grande viagem para o fim do mundo. A ideia é ir sozinho para descobrir e descobrir-me, tenho no entanto de pesquisar muitas vertentes da viagem, pois dada a distância do destino que tenho em mente e a duração é algo que tem de ser feito com calma.
Entretanto fica uma música que também tem-me feito companhia.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Essência do Gourmet


Como me quero ocupar muito por estes tempos tratei de aceitar o convite do meu irmão e da minha cunhada e fui ao palácio da bolsa aqui no porto. O evento foi a Essência do Gourmet, evento que tinha um bocadinho de tudo no que estava ligado a comida, desde vinhos, a cutelaria, a comida propriamente dita. Um dos pontos interessantes era a realização de workshops por vários chefes, os quais mostravam como fazer os mais variados pratos e sobremesas.
A minha cunhada esteve a ver como se fazia um arroz de tamboril, enquanto eu e o meu irmão estivemos nas doçarias, mais precisamente como fazer Foundant de chocolate. Esta versão contava com um bom LBV à mistura, para além de frutos silvestres e espuma de baunilha. A sobremesa em si é algo ao qual eu acho piada, tendo em conta que é dura por fora e mole por dentro. O problema é que é tudo uma questão de timming. A capacidade de ter a parte do bolo fria e um forno bem quente para cozer só a parte de fora e deixar que a parte de dentro fique como que mousse de chocolate. Bom para quem tiver alguma larica.

domingo, 20 de setembro de 2009

Aniversário


No Sábado o Francisquinho fez um ano de idade, pode-se perfeitamente perguntar e não é o meu irmão, ele já tem mais alguns anos em cima. É sim o filho de uma prima minha que é dos primos mais próximos que tenho. Apesar da minha reduzida mobilidade, fui para a festa e tratei de, qual paparazzi, de registar os momentos em fotografia. A festa foi castiça, ainda para mais com tanta criançada a correr de um lado para o outro. O Francisco quase que já anda sozinho e se tiver mais algumas tardes como esta não tardará a andar a correr atrás da mãe.
Por isso parabéns Francisco e espero que tenhamos muitos divertidos aniversários pela frente.

sábado, 19 de setembro de 2009

Operação


Esta sexta-feira tive uma ocupação nada ortodoxa, tive de realizar uma pequena cirurgia ao pé para resolver um pequeno problema. Para isso, o dia começou logo com um pequeno-almoço, seguido de um confortável jejum até às 19h. Posso dizer que apesar de terem sido mais de 10 horas sem comer até se passou bem o tempo sem comida.
A dita operação parece que correu bem mais só para a semana é que há novidades, isto é, só para a semana é que vou ter com o médico para ele me dizer como está o pé.
Portanto agora ando de pé ligado e sapato de Baruk, o qual não se pode dizer que é um sapato da moda, mas ao menos ajuda na distribuição do peso e não me custa tanto a pousar o pé se o tiver de fazer.
Assim que houver mais novidades eu aviso.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

SAL-18250


Tendo em conta um novo projecto que tenho pela frente, o qual será alvo de aprofundamento no futuro, fui ontem comprar mais um utensílio para a minha SLR, mais uma objectiva. A ideia era suprimir uma limitação que tinha dado que a lente que vinha com a máquina só dava até um zoom de 3x, esta outra já me permite chegar mais longe e consegue ter um zoom de 14x. Não é uma lente perfeita por um simples motivo, a velocidade de focagem é mais lenta que a outra, mas penso que é um compromisso que tenho de ter, isto se não quero andar com mais do que uma lente atrás.
O modelo é a SAL-18250 da Sony (se não, não encaixava na minha máquina) e podem satisfazer a vossa curiosidade aqui.
Vou agora debruçar-me um pouco sobre esta lente a ver o que consigo fazer. Até porque distracções são sempre apreciadas.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Um novo princípio

Bem, hoje tenho uma entrada bem difícil para incluir aqui no blog. A Susana que muitos conhecem e foi a minha namorada durante quase 6 anos deixou-me. Pelos vistos já não a fazia feliz. É uma data triste e gostava de não a viver, mas fico (agora que estou mais calmo) agradado por vários motivos, primeiro se realmente eu não a satisfazia é algo melhor para os 2, já que nos tempos que se avizinhavam, se ela não me queria só nos iria custar mais. Além disso posso dizer que também a estava a notar algo mais distante e talvez podia referir outras coisas.
Há coisas (que via como algo) negativas que não consegui corrigir, como o facto de ela não se conseguir dar muito bem com os meus amigos.
Por outro lado, levo comigo muitas boas memórias, ela ajudou-me a crescer muito, ensinou-me muita coisa e agora que os nossos caminhos se separam resta-me guardar o bom e deixar o mau. Tive também o gosto de a ajudar e fazê-la crescer, torná-la numa pessoa mais forte e apoia-la sempre.
Apesar da minha tristeza vou utilizar o meu pragmatismo e força para superar esta prova e lembrar-me que apesar deste percalço o resultado final será melhor.
A ti Susana, obrigado pela viagem que foram estes bons 6 anos e adeus, porque realmente o copo partiu e sei que mesmo colado nunca mais seria o mesmo. Sê feliz pois é também essa a tarefa que tenho pela frente.
Creio que o adequado para esta altura é uma música de Beth Orton, Pass in Time.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Crise de quarto de idade


Acho que o escrever é uma boa solução para não pensar só numa coisa. Lembrei-me à bocado de um artigo que li à uns dias atrás, certamente já toda a gente ouviu falar das crises de meia-idade, a velhice começa a instalar-se irreversivelmente e a vontade de ser jovem leva a ter alguns comportamentos nem sempre correctos. Ora o artigo não era bem sobre isso mas de uma outra crise que parece cada vez mais estar presente nas nossas sociedades, a crise de quarto de idade.
Basicamente era reflectido que cada vez mais parece que ao par de muitas outras pressões sociais, há cada vez mais a noção que pela altura em que estamos nos 25 anos temos de estar já estabelecidos, com uma carreira de sucesso, com casa carro e tudo pronto para uma vida em cheio. O que normalmente acontece é que nem sempre é fácil ter isso tudo e daí a crise.
Certamente que não é isso que me preocupa, mas escrever ajuda.

Vou esperar é que tenhamos alguma teimosia e vontade de continuar juntos em frente

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Falperra


Depois de tanto tempo sem férias achei por bem passar um fim-de-semana para descansar e recuperar energias. Marquei as coisas e peguei na companhia (ou foi ao contrário?) e rumamos para um local mais relaxado. O destino foi Braga e por lá, graças a um solarengo tempo, pudemos descansar, apanhar sol e ficar com uma vontade maior de aproveitar o tempo de férias que se aproxima.
O Hotel Falperra é um convento restaurado que tem bom aspecto, e para estas alturas uma grande piscina que fomenta e muito o bronzeado.
Tenho a dizer que a Alpha lá foi connosco e ajudou a guardar alguns momentos. Hoje fico-me por aqui porque afinal com a conjuntura actual não há assim tanta vontade de escrever como isso.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Sony Alpha A330


Depois de alguns anos a namorar a ideia de uma SLR vi-me nestes últimos tempos a dar forma a esse projecto. Tenho noção que a minha máquina compacta é muito boa para andar com uma pessoa e tirar fotos em qualquer lugar, mas tenho que admitir que a vontade de tirar fotos mais elaboradas estava sempre lá. Também podem argumentar que cada vez mais as câmaras compactas permitem fazer uma enormidade de coisas mas a funcionalidade e facilidade de utilização não é a mesma de uma SLR. Além do mais com uma máquina reflex podemos sempre mudar a objectiva e tirar outro tipo de fotografia, mas isso espero que venha com o tempo e prática.
Sei perfeitamente que estas câmaras não pesam uns 200g mas é um compromisso que fiz. Tendo isto em conta fui ontem buscar a dita cuja, uma Sony A330. Sei que há muitos evangelistas de máquinas da Canon ou Nikon, mas de tudo que li esta pareceu-me uma máquina equilibrada e com acessórios que a pensar no futuro podem ir de encontro às minhas necessidades. Além do mais para o preço era das mais completas, isto porque não queria já hipotecar os meus órgãos internos para fazer este investimento.
Ontem estive já a divertir-me e a fazer experiências, agora, e como referi, é muita prática (e algum estudo) para saber como melhor tirar partido do bicho.
Fica aqui uma amostra e espero por o mundo noutra perspectiva.

p.s. - se estiverem com os bolsos pesados e quiserem oferecer-me algo aqui estão algumas sugestões (wishlist), nomeadamente umas lentes...